BLOG CATEGORIES:
SEARCH THE BLOG:
29
May-2009

As primeiras fotos em cor foram feitas com fécula de batata!

Geral   /   Tags: , ,

Estive em Curitiba no último fim de semana para dar um curso de Fotografia de Viagem para um grupo de 30 profissionais. Foi uma maratona de Viajologia, com mais de 500 imagens de 20 países. A mensagem essencial: pé na estrada e câmera fotográfica na mão! Alguns alunos – agora considerados como meus colegas viajólogos – saíram tão empolgados que já estão programando a próxima aventura.

Depois de ter mergulhado em tantas imagens, nada mais coerente do que visitar o Museu Oscar Niemeyer (MON) e voltar um século atrás para entender como a fotografia colorida e o cinematógrafo foram inventados.

dsc_2678-web60.jpgO Museu Oscar Niemeyer em Curitiba é conhecido como o “olho” pela forma intrigante de seu prédio.

O MON celebra a criatividade do mestre da arquitetura brasileira. Apesar de ter nascido em 1967 para ser um prédio público do estado do Paraná, em 2003 o espaço transformou-se em um museu dedicado às artes visuais, ao design e ao urbanismo. O “olho” foi construído durante a segunda reencarnação do prédio e simboliza as curvas da araucária, o pinheiro endêmico da Mata Atlântica.

Outra assinatura do MON é a torre que sustenta o “olho”. (Seria o tronco da araucária?) Revestido de azulejos amarelos, o bloco é o fundo perfeito para a foto de lembrança daqueles que visitam o local.

dsc_2569-crtb-web60.jpgAutoretrato uma jovem fotografa a si mesmo com uma câmera digital, tendo a parede amarela da torre do MON como pano de fundo.

A exposição “Autocromos Lumière, O Tempo da Cor” é um tributo aos dois irmãos engenheiros Augusto e Luis Lumière. Desde o final do século 19, a dupla francesa buscava inovar o mundo das imagens e, em 1895, apresentou uma sequencia de 45 segundos ilustrando a saída dos empregados da fábrica Lumière em Lyon. Essas imagens são consideradas como o primeiro filme da história do cinema.

Os irmãos Lumière também foram os inventores da fotografia colorida. Para realizar o sonho, usaram milhões de grãos microscópios de fécula de batata. Isso mesmo, batata! Essa base pigmentada com três cores – verde, violeta e laranja – (que serviam como filtros), foi fixada a uma placa de vidro com verniz. Nascia, assim, o Autocromo, “a cor por si mesma”.

A invenção foi patenteada em 1903 e comercializada entre 1907 e 1932. Durante esse período, a fábrica dos irmãos Lumière produziu cerca de 50 milhões de clichês de vidro. Todas as fotografias coloridas da Primeira Guerra Mundial foram registradas com o sistema Autocromo. A técnica foi substituída apenas em 1935 pelo famoso (e ainda existente) Kodachrome.

dsc_2654-crtb-web60.jpgAs primeiras placas de Autocromo foram gravadas com pouquíssimo movimento. Esta “natureza morta” pretendeu mostrar a grande variedade de cores, com uma nítida presença do cian, do magenta e do amarelo (foto Instituto Lumière, Lyon).

dsc_2658-crtb-web60.jpgHá um século, os irmãos Lumière trouxeram ao mundo as primeiras imagens coloridas. A transparência, a nitidez e a profundidade das fotografias assemelham-se muito às pinturas da época (foto Instituto Lumière, Lyon).

A mostra, inaugurada no dia 20 de maio, estará exposta até o dia 13 de setembro de 2009.

0

 likes / 19 Comments
Share this post:
  1. joseane daher /

    Haroldo
    Foi um imenso prazer te-lo conosco, no curso de pós graduação “Fotografia e Imagem em Movimento”, em Curitiba. E ‘seus’ alunos, agora, estão com muita motivação para trilhar os caminhos da imagem, que voce incutiu em suas mentes, olhares e emoções. Só tenho a agradecer sua passagem por aqui e vejo que aproveitou-a com maestria, postando essas informações preciosas sobre os irmãos Lumiere e o MON em seu blog. Parabéns amigo!!! bjs, Joseane Daher

  2. Nancy /

    Querido Haroldo,
    Muito interessante! Obrigada pela aula. As fotos estão sensacionais! Beijos, Nancy do Rio

  3. Inaê Miranda /

    Haroldo,

    O MON é realmente espetacular. Um lugar grandioso com uma arquitetura incrível. Quem vai lá não pode ter pressa. É preciso entrar em cada ambiente e aproveitar cada centímetro daquele espaço dedicado à arte. O exterior do prédio, por si só, é uma obra grandiosa do nosso querido artista Niemeyer. A exposição sobre os trabalhos dos irmãos Lumirère também está linda. É quase inacreditável o trabalho artesanal que eles fizeram para acrescentar cores às imagens. E mais inacreditável ainda é o excelente resultado que obtiveram. Parabéns Niemeyer, parabéns Lumière e parabéns Haroldo. Abraço

  4. Lucélia /

    Veja Lula dançando Daft Punk no Heliponto http://www.superperolas.com/2009/05/29/lula-dancando-daft-punk-no-heliponto/

  5. De Luca /

    Grande Haroldo,
    Mais uma vez agredecemos as suas expetaculares aulas em nosso curso e as informações aqui em seu site.
    Um grande abraço.

  6. Rose /

    Fim da linha… Alguém duvida?!!!

  7. Elizeide Sousa /

    Palhaçada tudo isso!!!kkkkkkkkkkkk…..

  8. josiane tulli /

    eu acho fascinante essas fotos, queria ter tido a oportunidade de vcs. parabéns

  9. Juju /

    Caro prof. Haroldo, lindas as fotos e é sempre bom aprender. Achei bárbara a foto da menina na parede amarela. Grande beijo, Juju

  10. Rosi Cheque /

    Querido amigo… Estou orgulhosa de você. Já assisti a muitas palestras suas e tenho certeza de que essa foi maraviklhosa!!! Bom saber que vc empolgou alunos. Na verdade, vc sempre estimula a gente a sonhar. Suas fotos e suas histórias já me inspiraram muitas poesias. Inclusive já reservei a imagem 2, pois de alguma forma me sinto nela. Grande abraço. (Rosi Cheque, Sinapse Agência de Notícias).

  11. vania /

    Toda “arte” jah eh qualificada… Este seu trabalho incansavel, e focado na “Arte Bela”, diante do artista que existe dentro de vc, soh cabe a mim elogiar… A cada episodio retratado e divulgado com tamanha competencia, mostra o mestre q vc eh, de verdade… Sempre mestre… Natural de vc !! Outro dia disse a minha amiga Giorgia: Vc eh o mestre que toda pessoa inteligente gostaria de ter por perto…. Sempre… Eh isto mesmo!!

    Conheci o “MON” e realmente eh maravilhoso!! Estas fotos lembram um Post Viajologia, jan 2008 , acho “Sonhos de Munique”, onde vc retrata um predio (Fabrica BMW), maravilhoso tbem.. Nao esqueco daquela foto e nao vou esquecer desta tbem.. Linda historia esta dos “Lumieres”… Jah ouvi antes.. VV

  12. Prof. Cesar Henrique Daher /

    Estimado Prof. Haroldo,
    O instituto IDD só tem a agradecer pelo brilhante trabalho junto aos alunos do curso de Pós-Graduação Fotografia e Imagem em Movimento. Além obviamente da oportunidade de passarmos agradabilíssimos momentos juntos. Estamos aqui pro que der e vier. Conte sempre conosco. Abraços saudosos. Daher.

  13. Pedro /

    Haroldo, seu blog é espetacular, hoje já deixei um comentário nas fotos de Israel e agora com essas fotos de Lumiére…espetacular pensar na poesia e na beleza das fotos feitas a um seculo atrás e que vc sabiamente colocou para nós na net.
    Parabéns, fiquei fã de seu site e vou recomendá-lo!! Deus te abençoe!!

  14. João /

    Muito interessante a foto da silhueta da jovem no fundo amarelo! bem diferente das primeira fotos coloridas…
    até!

  15. Gi, Dentro da Bota... /

    Poxa, que experiencia interessante…
    Curitiba tem muitas coisas para serem descobertas….
    Lindas imagens!!!
    Tanti Saluti….
    Gi, Roma

  16. Vania /

    A última foto é linda, o colorido, o caimento do corpo, a disposição das mãos semifechadas, o leve sorriso nos lábios. Ela deveria estar agradecendo a Deus pela beleza que há dentro dela mesma! Abraços.

  17. ernestina teixeira coelho /

    Lindo o post…e já estou ansiosa pelo próximo! Suas viagens são imperdíveis.
    Bjs, etc

  18. Ariana de Curitiba /

    Obrigada pela aula maravilhosa. Já programando a próxima viagem com a leitura, visão, programação que você passou pra gente. bjs.

  19. Fabio Antonio /

    Adoro MORRETES, sempre que vou a Curitiba, visito Morretes. Sempre sou muito bem recebido na cidade. Ali é tudo de bom e principalmente o Barreado. Gosto muito de tudo o que a cidade oferece, a tranquilidade da cidade paranaense e sua beleza natural é sem precedentes.

comment this post

You must be logged in to post a comment.

Archives

> <
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec